Outubro Rosa

Outubro Rosa: Combater é ir muito além de um post na sua rede social.

Já faz alguns anos que a campanha Outubro Rosa faz parte da cultura mundial. Virou até rotina!
Chegou o mês de outubro, já vemos o símbolo e a cor rosa estampada em todos os lugares. E isso é lindo! Mas a meta é que assim como a campanha, a prevenção também vire uma rotina para todas as mulheres.

Meninas fiquem ligadas!

Prevenção não é só postar o símbolo da campanha na sua rede social ou uma foto vestida de rosa usando a hashtag “outubro rosa” e achar já fez a sua parte.
Câncer de mama é um assunto muito sério! E não podemos tratar a campanha apenas como uma modinha virtual.

Aderir à campanha Outubro Rosa, integralmente, é adquirir o hábito do autocuidado e o amor próprio. Prevenir é realizar o autoexame frequentemente, para conhecer o próprio corpo e detectar uma possível alteração ou irregularidade.

Entretanto, é importante ressaltar que diferente do que muitas pessoas pensam o autoexame é a forma secundária de prevenção e ele não substitui o acompanhamento clínico que é a melhor forma de rastrear e detectar o câncer precocemente, ou seja, procurar acompanhamento médico para realização dos exames de rotina é fundamental para a saúde da mulher.

O autoexame é muito importante, mas infelizmente quando a mulher detecta o nódulo por conta própria, pode ser que o câncer já esteja em um estado mais avançado o que dificulta o tratamento e a possível cura.

DADOS IMPORTANTES

No Brasil, o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete mulheres. De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) das 11,5 milhões de mamografias que deveriam ter sido realizadas no ano de 2018, apenas 2,7 milhões foram feitas. Isso é muito triste… E muito preocupante.

Não fazer o exame é um fator de risco para milhares de mulheres e um alerta para a importância da campanha, que deve ser aderida com a prevenção eficiente.

Outra informação importante, de acordo com o Instituto Oncoguia, diagnosticar o câncer precocemente aumenta significantemente as chances de cura.

Um dado importantíssimo é que 95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de cura, por isso, fazer a mamografia é imprescindível.

QUE TAL TIRAR UM TEMPO PARA SE CUIDAR E PREVENIR O CÂNCER DE MAMA?

Sabendo que o quanto antes for feita a descoberta do câncer de mama, mais eficiente será o tratamento para combatê-lo, que tal parar um pouquinho o que está fazendo e refletir sobre algumas dicas que podem ajudá-la na prevenção ou no diagnóstico precoce? E o mais legal, a tecnologia pode te ajudar com isso!

Uma das formas positivas de usá-la é a buscando informações em sites de referência sobre o assunto, como por exemplo, o site do INCA (Instituto Nacional do Câncer).

A informação correta quebra mitos e crendices sobre o assunto, como por exemplo, o medo de receber o diagnóstico e a dor causada pelo exame de mamografia.

Outro ponto positivo é que estando informada, você poderá apoiar outras mulheres que não fazem o uso dos meios de comunicação digital frequentemente e ainda incentivá-las a buscar orientação médica de maneira mais assertiva e convincente, ou seja, com mais conhecimento e segurança sobre o tema.

Ao falar de prevenção é imprescindível destacar outro fator importante que é a necessidade de manter hábitos saudáveis, como por exemplo, cuidado com a alimentação, atividade física frequente, manutenção do peso ideal para a sua altura, evitar o consumo de álcool e não fumar.
Afinal, é fato que atitudes saudáveis previnem diversas doenças e o câncer de mama é uma delas.

Use o seu celular ao seu favor!

Existem diversos aplicativos que apoiam no cuidado com a saúde, alguns motivam o consumo necessário diário de água e ainda lembram o horário que você precisa fazer suas refeições, outros contam e emitem relatórios estatísticos da média de quantidade de passos que você executou e precisa executar durante o dia para manter-se saudável e o menos sedentária possível.

Outros aplicativos disparam lembretes sobre alongamentos após uma quantidade significativa de tempo sentada e ainda há os que ajudam na execução de meditação. Alguns apps até trocam o tempo que você gasta (ou investe) em caminhada por pontos para compra de produtos ou serviços em sites parceiros.

Apoio tecnológico não falta você só precisa querer baixar o aplicativo certo para a sua necessidade e começar usar. Parece pouco, mas são pequenas atitudes que quando somadas, ajudam muito em longo prazo.

A variedade de aplicativos no mercado é tão grande que já existem os que ajudam a escolher o melhor alimento para consumir no momento da compra basta você passar o rótulo no sensor.
Não tem desculpa para não se alimentar bem.

CONHECE-TE A TI MESMA!

Conhecer o próprio corpo e saber como ele funciona é fundamental! Para isso, podemos contar com aplicativos femininos que marcam o ciclo menstrual, apresentando a data correta da ovulação e período fértil, possibilita também o registro do histórico de diminuição e aumento de peso e ainda disponibilizam o acompanhamento dos diversos sintomas relacionados à TPM (Tensão Pré-Menstrual).

Um exemplo é o App “Meu Calendário”.
Você pode ter tudo isso, na palma da sua mão.
E outra coisa legal, é que você pode usar as configurações de lembrete do seu celular para agendar os lembretes do autoexame, das consultas ginecológicas e assim manter sempre a sua rotina de autocuidado em dia.

QUALIDADE DAS INFORMAÇÕES DA SUA REDE SOCIAL

Nas redes sociais existem diversas páginas de profissionais qualificados que dão dicas e orientações sobre a saúde. Essas postagens servem como estímulo para uma vida melhor, mais ativa e mais saudável. Busque essas páginas!

Mas é claro que as redes sociais não substituem uma consulta com um profissional de saúde que realizará e solicitará os exames necessários, ou seja, é fundamental ir até um especialista se você deseja cuidar da sua saúde de forma espontânea, se vem apresentando algum sintoma específico ou se tiver detectado algo diferente do comum no seu corpo.

Mesmo que você siga uma página de um profissional sério e qualificado é preciso agendar uma consulta médica.

Repetindo, o Google e as Redes Sociais não substituem de forma alguma o médico especialista, que irá indicar os exames e outros profissionais de saúde para orientá-la.

Quando organizar a sua rotina de atividades da semana, deixe um tempinho reservado para sua saúde.

Você merece e seu corpo agradece!
E ninguém melhor que você para saber o que seu corpo precisa.

Outubro é o mês da campanha, mas o cuidado com as mamas e todo o seu corpo é o ano inteiro.
Ame-se eternamente, cuide-se para sempre! <3

Gostou? Compartilhe essa notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *